Neurocirurgia Funcional

Neurocirurgia Funcional

A neurocirurgia funcional é responsável pelo tratamento de problemas que alteram o funcionamento do sistema nervoso. Dentre eles, destacam-se dor crônica, espasticidade (aumento do tônus muscular), distúrbios de movimento (doença de Parkinson, tremor essencial e distonias), doenças psiquiátricas (depressão, TOC e Síndrome de Tourette) e epilepsia. Geralmente são aplicados métodos de tratamento minimamente invasivos e de baixo risco, como estimulação elétrica ou química, uso de eletrodos na coluna e no cérebro, sistemas de infusão de medicação analgésicas em coluna e radiofrequência.